domingo, 22 de julho de 2012

A coragem de uma paixão. O Encontro.

Naquela semana e na semana seguinte eu havia me esquecido do episódio. Deixei de procurar a minha médica e decide que era coisa de um momento. Uma chuva de verão como diria a minha avó. Algo passageiro.
Mas como nessa vida o que é para ser seu vai ser mesmo. Para o bem ou para o mal.
Sem me perceber parei o meu carro enfrente a padaria, e ai me lembrei de que foi por vir naquela padaria que encontrei aquele menino. Decide não entrar na padaria. Derrepente toda a cena do encontro com o menino passou pela minha cabeça. Causando-me uma quentura que há cem anos eu não sentia.
Então, dei ré no carro e resolvi ir comprar pão e frios em outro lugar. Talvez o Extra ou outro qualquer.
Então indo, olhei um mercadinho. Desses mercadinhos bucólicos e que nos remete a infância, quando ainda não havia esses grandes supermercados. Então parei o carro e  entrei.
Não sabia que havia um mercadinho desses no meu bairro. Alias fui apreendendo que nessa vida não sabemos nada.
Então fui ao balcão do mercadinho, e uma mulher me atendeu muitíssimo bem.
Ela fatiou o presunto e o queijo e me pediu para aguardar que o pão iria sair em breve.
-Pão quentinho! Que maravilha para uma quarta feira, sem graça e fria como aquela. Eu disse que esperava e fui dar uma olhada pelo mercadinho ver se precisava de mais alguma coisa.
Olhei para o requeijão Catupiry que o meu filho adora, vi a data de validade e o preço e resolvi comprar. Peguei dois potes, e quando me virei senti as minhas pernas amolecerem.
Aquele menino estava me olhando. Parado ao meu lado com o mesmo olhar dominador, esfomeado.
Eu segurei firmes os potes de Catupiry e fui flechado pelo seu sorriso.
- Acabou de chegar um lote de Catupiry. Você quer mais?
Eu fiquei muda. Dominada por ele. Meu Deus isso nunca havia me acontecido antes.
Apenas lhe sorri. E vi que ele vestia o uniforme do mercadinho.
- Você trabalha aqui? – Tola sem chão e força, eu perguntei.
- Sou repositor! Mas estou estudando administração...
- Certo! – Eu disse apenas, não tendo palavras.
Ele manteve o seu sorriso. E se ofereceu para pegar uma cestinha. Se foi e  rapidamente voltou com a cesta. Eu fiquei parada olhando para o nada. Até sentir a sua mão tocar na minha e pegar os potes de Catupiry.
- Eu te vi outro dia... - Não sei de onde tirei força para dizer.
-Há duas semanas. Eu me lembro.
-Se lembra?
- Não sei o que me aconteceu, mas você mexeu comigo...
-Ah é!
Ele também havia sentido o que senti.
Ele ficou me olhando e eu para ele. De alguma forma, parecia que nossos olhares eram íntimos. Não havíamos nos vistos antes, mas ao olhar um para o outro sentimos que de alguma forma era verdade que estava acontecendo com nós, todo o sentimento novo que nos invadia.
- Aqui não dá pra eu falar. Mas sexta à noite eu to livre não tenho aula. E esse o número do meu celular se quiser me liga.
Ele disse me olhou mais um pouco, sorriu e me entregou a cesta com os potes de Catupiry. Depois foi para o depósito do mercadinho.
E estranhamente eu não estava mais abalada, nem surpresa, nem... Eu estava encantada.
Tomei o pão, agradeci à senhora. E fui para casa, como que me alimentado de algo nunca experimentado antes e que me fez um bem daqueles.

15 comentários:

  1. Amei o seu blog!!
    Uma fofura, seguindo!1
    kitkatbis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que lindo!!Seu blog émuito bonito e obrigada pela visita no meu!
    bjocas

    www.cutecatsloves.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei o conto :) seguindo seu blog, beijinhoos :)

    deborah-alana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Que história, hein?
    Gostei!
    beijinho.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Leila, tudo bem?

    Obrigado por visitar meu blog "Dolandmay" aqui, estou te seguindo e gostei muito de seus conteúdos! Deixo-te abaixo o link do meu blog principal, sendo que, no anterior que visitou, apenas falo de amor! Eis o meu mundo, eis os meus sentimentos. Poeta Dolandmay. http://poetadolandmay.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi flor brigada pelo carinho la no blog...
    Amei seu cantinho e tambem ja estou te seguindo !
    obrigada..

    Faça uma visita tem post novo :D

    Um beijo e um sorriso

    http://elielmavasconcelospink.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. hola Leia,
    tienes un blog muy bonito. lamentablemente el traductor no funciona. Pero ya te sigo ^^

    un abrazo^^

    ResponderExcluir
  8. Gostei do blog, sigo. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  9. Olá adorei seu blog,sigo beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi tentei te seguir não consegui,está dando erro.
    Voltarei depois,com certeza beijos.

    ResponderExcluir
  11. ótimo texto *-*
    ah que bom que gostou do meu blog, seguindo aqui também.

    Tem sorteio do livro Anjo Mecânico lá no blog, participa.
    http://pepperlipstick.blogspot.com.br/2012/07/sorteio-anjo-mecanico.html

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Vim conhecer seu blog, e agradecer por ser minha seguidora. obrigada.
    Seu blog é lindo adorei de mais, não deixe de voltar, já seguindo.
    bjos
    Cigana Raicha

    http://ciganaluminosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Leia,

    muito obrigada pela visita e pelo comentário em meu blog, fico feliz de ter gostado, já entrei no seu e já estou participando dele.
    Boa sorte!
    Bjoos

    Paulinha...

    ResponderExcluir
  14. Olá, Estou aqui para agradecer sua visita no http://entrecartolasecafes.blogspot.com.br e dizer que já estou participando do seu blog também. Parabéns pelo seu trabalho aqui! Muito bom!

    ResponderExcluir